O Retorno a Cranford

retorno a cranford

O Retorno a Cranford é uma série produzida pela BBC no ano de 2009, em continuação a Cranford. São dois episódios com roteiro adaptado de três romances de Elizabeth Gaskel: Cranford, The Moorland Cottage (no Brasil, O Chalé de Moorland) e The Cage at Cranford. Também utilizou os enredos de My Lady LudlowMr Harrison’s Confessions e o artigo de não-ficção The Last Generation in England, para dar continuidade às histórias dos personagens da série anterior.

O Retorno a Cranford

A ferrovia continua sendo uma grande preocupação para as tradicionalistas habitantes de Cranford. Porém, a esta altura, o projeto começa a sair do papel. O desafio de abrir a cidade para o progresso é grande, mas a maior preocupação é em manter as tradições.

Apresentando a linha férrea

Apresentando a linha férrea

Nesta continuação temos a bela história de amor de Peggy Bell e William Buxton, adaptada do romance O Chalé de Moorland, publicado no Brasil pela Pedrazul Editora. Quem já leu, mas não assistiu a série, pode estranhar a mudança dos nomes; no livro o casal é Maggie Browne e Frank Buxton. Frank se tornou William, pois outro personagem, Dr. Harrison, tinha Frank como prenome. Maggie Browne virou Peggy Bell na série porque o sobrenome poderia ser confundido com o de outro personagem, Capitão Brown.

Peggy e William

Peggy Bell e William Buxton

A essência da história original permanece na série, mas foram necessárias algumas mudanças e cortes para que o casal pudesse se encaixar no contexto de Cranford. Peggy é uma doce jovem que é preterida pela mãe em favor de seu irmão Edward, egoísta e de caráter duvidoso. William retorna a Cranford com seu pai, Sr. Buxton, e a prima Ermínia, após a morte da mãe.

William se encanta com a beleza de Peggy e eles logo se apaixonam. Em uma viagem experimental da linha de trem para a sociedade de Cranford, ele a pede em casamento e ela aceita. Quando o Sr. Buxton descobre, se opõe veementemente ao matrimônio por causa da origem humilde da moça. Ele tinha em vista um vantajoso casamento entre William e Ermínia. Além disso, o Sr. Buxton almeja um futuro político para seu filho, embora este queira seguir carreira como engenheiro. William, decidido em manter o seu compromisso com Peggy, sai de casa e passa a trabalhar com Capitão Brown na construção da linha de trem. É uma grande mudança na vida do personagem, tendo em vista que o trabalho é árduo.

Sempre fomos iguais no coração

http://angelfish69.tumblr.com/

Um dos momentos mais românticos desta adaptação é um breve diálogo entre Peggy e William quando ela observa que as mãos de William, que eram tão delicadas, ficaram tão grossas e com tantos calos quanto às mãos dela. Então, diz: “Somos iguais, no fim das contas”. No que ele responde: “Nós sempre fomos iguais no coração”.

Enquanto William trabalha na construção da linha férrea, Edward se torna agente dos negócios de Mr. Buxton. Contudo, o faz de forma corrupta. Aqui nossa mocinha também tem de escolher entre o amor e a família e o faz com toda a coerência e retidão de pensamento que testemunhamos em O Chalé de Moorland.

O Retorno a Cranford foi tão boa quanto a sua antecessora. Com um roteiro muito bem feito, todas as histórias e todos os personagens são importantes e inesquecíveis. Esta é mais uma obra fantástica da querida BBC, com a participação de atores consagrados como Judi Dench, Francesca Annis, Michelle Dockery, Jim Carter, Tom Hiddleston, dentre outros. Também vale muito a pena assistir e ter na coleção!

Return_to_Cranford

***

admin-ajax

Fontes:

https://en.wikipedia.org/wiki/Return_to_Cranford
Imagens: BBC

 

 

 

Tamires de Carvalho

Estudante de Letras (Português/Literaturas), sempre foi apaixonada pelo universo dos livros. Descobriu na Literatura Inglesa uma grande fonte de prazer e inspiração. Também acha estranho falar de si mesma na terceira pessoa. Contato: ts.carvalhosantos@gmail.com