O imortal Mr Darcy e porque nós ainda o amamos

Wallpaper-pride-and-prejudice-1995-32121808-1280-720 (1)

Colin Firth em Orgulho e Preconceito (1995), BBC

Por mais de 200 anos o Mr. Darcy foi uma fantasia romântica para mulheres de todo o mundo (Jane Austen publicou Orgulho e Preconceito em 1813). Mais tarde naquele ano, o livro foi traduzido para francês, seguido rapidamente por traduções de Orgulho e Preconceito para dezenas de línguas em países de todo mundo. Então, e, mais especificamente, o que faz o Mr. Darcy tão irresistível? 

“Orgulho e Preconceito é indiscutivelmente o livro que deu origem a todos os romances e todos os heróis românticos são indiscutivelmente baseados em Mr. Darcy.”

Cassandra Clare, escritora.

No primeiro encontro com o Mr. Darcy, ele é frio, distante e um pouco rude. Darcy é julgador, elitista e rápido para formar opiniões dos outros que não são inteiramente corretas. E como amigo, ele tem a tendência a pensar que tem o melhor julgamento e não hesita em impor sua vontade, o que ele acredita que é no melhor interesse de seu amigo. Mas, ao longo do romance, nós começamos a ver que todos esses traços agressivos são mecanismos de defesa, resultantes da traição e da pressão de estritas expectativas por parte da sociedade. Nós testemunhamos as falhas nessa “armadura de defesa” à medida que elas gradualmente começam a aparecer, até o final quando percebemos o quanto ele cresceu; ele se transforma em um homem merecedor do amor de Elizabeth Bennet e em alguém com quem ela podia contar quando precisasse.

Nós vimos Orgulho e Preconceito adaptado muitas vezes e de muitas diferentes maneiras ao longo dos anos. E a cada nova adaptação, vemos uma nova personificação do Mr. Darcy; Sir Laurence Olivier desempenhou o papel em uma das primeiras adaptações para o cinema. Mas a mais popular entre as fãs hoje, é a de Colin Firth na minissérie de 1995 da BBC/A&E televisão. Mulheres apaixonadas com a performance de Firth são maiores que com as dos outros filmes. Em Austenlândia, um filme baseado em um romance onde uma mulher é tão obcecada com o Mr. Darcy, que falha em encontrar o amor na própria vida, a personagem de Keri Russell tem um recorte de papelão de Firth vestido com Darcy em seu apartamento.

“Se você fosse uma mulher, suspiraria com a visão de Colin Firth em uma camisa molhada.”

Shannon Hale, Austenlândia

Imagem capturada do filme Austenland/Sony

Imagem capturada do filme Austenland/Sony

Austenland-Sony2

Imagem capturada do filme Austenland/Sony

Mais notavelmente, Firth repetiu o papel de Darcy no filme O Diário de Bridget Jones. Helen Fielding, autora dos romances de Bridget Jones, admitiu que a história foi baseada em Orgulho e Preconceito e que a sua versão de Darcy foi altamente influenciada pela performance de Firth na minissérie. Afortunadamente para as fãs, Colin Firth parece ter aceitado sua sina como o Mr. Darcy favorito e retornará para o cinema com outra adaptação de Bridget Jones em setembro.

Colin Firth em Bridget Jone's Diary

Colin Firth em O Diário de Bridget Jones (2001), Miramax/Universal. Foto: giphy.com

Em 2005, vimos uma adaptação contemporânea em Bollywood, Bride and Prejudice (Noiva e Preconceito), e vivenciamos a história através de uma versão indiana da família Bennet. O Mr. Darcy era um magnata americano dono de hotéis interpretado por Martin Henderson. Com roupas coloridas e números musicais, vimos a cultura dividida e o esnobismo de classes em três diferentes continentes. E o Mr. Darcy continuou distante, julgador, desajeitado em suas proclamações de amor e totalmente desejável. Também em 2005 foi feita outra adaptação dirigida por Joe Wright e estrelada por Keira Knightley no papel de Elizabeth Bennet e Matthew Macfadyen como Mr. Darcy.

Orgulho e Preconceito (1995) - Foto: giphy.com

Matthew Macfadyen em Orgulho e Preconceito (1995) – Foto: giphy.com

“Eu penso que toda garota está procurando por seu Mr. Darcy.”

Keira Knightley, atriz.

Em 2012, Orgulho e Preconceito estava no Youtube na forma da aclamada série da web, O Diário de Lizzie Bennet; Ashley Clements como Lizzie Bennet e Daniel Vincent Gordh com Mr. Darcy. A série foi filmada com uma única câmera, em estilo de diário, contando a história quase exclusivamente do ponto de vista de Lizzie ao longo dos 100 episódios. A única perspectiva deu um olhar mais íntimo sobre a história e o romance entre Bennet e Darcy.

“Darcy tem muitas características atraentes – é rico, bonito, espirituoso e ardentemente apaixonado por nossa heroína – mas seu atrativo maior é que ele muda e cresce por causa de Elizabeth. Lizzy e Darcy aprendem um com o outro a serem melhores, formando um par no final.”

Ashley Clementes, atriz.

Esta semana, nós veremos ainda uma outra adaptação com o título de Orgulho Preconceito e Zumbis. Todos os personagens do clássico estão de volta com poucas mudanças e com muito mais zumbis. O centro da história ainda é a história de amor entre Elizabeth e o Mr. Darcy. Lizzie e Darcy são guerreiros na batalha contra os mortos-vivos, com muitas das mesmas expectativas e restrições do período da Regência.  Sam Riley estrela no icônico papel do Mr. Darcy e ele recentemente falou sobre sua versão: “Bem, essencialmente ele é o Mr. Darcy e exatamente com as mesmas questões de orgulho e repressão do romance de Jane Austen, mas ele é também um matador de zumbis. Ele é particularmente resoluto em seu ódio contra eles e em exterminá-los, porque seu pai foi infectado e ele foi obrigado a matá-lo, então ele não é muito popular, mas é rico”. Nessa versão, a arrogância de Darcy se deve mais por suas por suas qualidades de guerreiro do que por sua classe.

marveldarcy

Pride and Prejudice (2009), Marvel Classics

Pelo fato de Orgulho e Preconceito ser de domínio público, a história e os personagens servem de tema para vários autores e adaptações. Há também uma versão da Marvel Comics de Orgulho e Preconceito em quadrinhos. Uma busca simples no site da Amazon por Mr. Darcy na categoria livros, tem 4000 resultados. Com títulos como O Diário do Mr. Darcy, Mr. Darcy escolhe uma Esposa e Libertando o Mr. Darcy, principalmente de autoras mulheres, está claro que o Mr. Darcy tem um lugar firme no coração e na mente de mulheres em todo lugar.

“Quem não tem uma queda pelo Mr. Darcy?!”

J. K. Rowling, escritora

Darcy é o herói romântico que pode aparecer em cada romance e em cada programa de televisão e filme. Ele é incompreendido, esnobe, pensativo e que no fim tem a capacidade de amar e a compaixão que fazem os outros homens parecerem apagados em comparação. E como mulheres, gostamos da ideia de alguém que nos desafia tanto quanto nós o desafiamos, alguém que vai nos obrigar a crescer e ver o mundo sob uma luz diferente, porque tanto Darcy quanto Elizabeth mudam ao longo de Orgulho e preconceito.

Por mais de 200 anos as mulheres amaram o Mr. Darcy e com um pouco de sorte, irão amá-lo por 200 anos mais.

divider79

Por Michele Dawson
Pop Warapped

Dandara Machado

Sou de Santa Maria-RS. Amo literatura inglesa e pretendo cursar Letras Bacharelado e tradução inglês-português; mas estou fazendo ciências sociais. Minhas escritoras preferidas são Jane Austen, Anne Brontë, Charlotte Brontë, Georgette Heyer, Elizabeth Gaskell, Frances Burney, Virginia woolf e Katherine Mansfield (KM é a melhor de todas, na minha opinião, e meu conto preferido é "A casa de Bonecas”). Meus livros amados são Jane Eyre e Razão e Sentimento. Contato: dandaramachado210@gmail.com

  • Tamires

    Suspiros eternos com Mr. Darcy! <3

    • Dandara Machado

      Muito obrigada por curtir o post. A sua resenha sobre o Diário de Mr. Darcy é uma de minhas favoritas também.
      Abraços,
      Dandara

  • Leila Maciel

    Estamos em 2016 e o Darcy continua de pé.

    • Dandara Machado

      Sim, ele é um personagem apaixonante não é? Mr. Knightley (Emma), ao meu ver é um personagem masculino bastante sólido também, vc não acha?
      Abraços,
      Dandara

      • Leila Maciel

        Sim, sim! Gostei muito de Mr. Knightley principalmente porque ele era bem sincero com a Emma, e não tinha medo de dizer umas verdades quando ela merecia.

  • Fabyana Lima

    É apaixonante, sem dúvida! Os atores que interpretaram o Mr. Darcy foram louváveis, enriquecendo o personagem, mas nada comparado ao perfil criado na mente por cada leitora fascinada pela história!

    • Dandara Machado

      Concordo com você, mas a minha atuação preferida é mesmo a de Colin Firth! abraços e obrigada,
      Dandara

  • Vanessa Olivato

    Ainda bem que meu noivo sabe e entende que meu amor por Mr. Darcy e consequentemente pelo Colin Firth é eterno. <3

    • Dandara Machado

      Que bom! Obrigada,
      Dandara

  • Beatriz Lisi

    Adorei o texto, porém se esqueceram da adaptação Lost in Austen, com o Elliot Cowan como Darcy. Bjs <3

    • Dandara Machado

      Obrigada! A moça que escreveu o texto, acredito, comentou apenas algumas adaptações acredito, para mostrar como o personagem é popular e pode ser adaptado para versões com diferentes estilos. Abraços,
      Dandara

  • Raquel Xisto Assis

    Nos encontramos então Dandara, também sou de Santa Maria RS, também amo o Mr Darcy. Amo o Colin Firth, especialmente nos filmes de Bridget Jones, mas Mathew Macfadyen roubou meu coração, para sempre, como Mr. Darcy. Não sou especialista em Horóscopo mas, para mim, Mr. Darcy é de escorpião.

    • Dandara Machado

      Obrigada! Vou procurá-la no face e vc pode me procurar também. Fico feliz que tenha gostado. Eu particularmente prefiro a atuação de Colin Firth, mas a de Mathew é muito boa também, na minha opinião. abraços, Dandara

  • Júlia Knightley

    O amor por Mr. Darcy trespassa gerações. <3
    E sobre o olhar destruidor do Colin e o sorriso esmagador do Matthew… Sei nem o que falar, só sentir. Brincadeira (rs). Só tenho a agradecer por terem escolhido os atores perfeitos pra darem vida ao nosso querido Mr. Darcy nas telinhas.

    • Concordo. São perfeitos! Eu escolhi as fotos/gifs dos olhos do Colin e sorriso do Matthew. Achei que as Janeites iam amar. Acertei.

      • Júlia Knightley

        Uma Janeite sabe como abalar o emocional da outra. Haha! 🙂
        Obrigada!

        • De nada! Procurei muito por fotos e só postei quando senti o tal abalo. Fiz isso em uma postagem de Persuasão. Quase morri com o Capitão Wentworth olhando para mim e sorrindo. Ser Janeite é um perigo! Beijos!

  • Dandara Machado

    Obrigada a todas que curtiram!
    Dandara

  • Lorena Martins

    Lindo texto. É meu romance favorito… tombei de amor quando vi o filme em 2005. =) Mais uma que sonha com o seu Mr. Darcy.

  • Lilian Valentim

    Oieee, tudo bem? nossa que texto maravilhoso e bem escrito, parabéns! sou apaixonada pelo Mr Darcy, mais pelo filme de 2005! O que é aquele homem com aquele sorriso lindo? (sorriso estampado ai em cima no texto hehe) estou lendo o livro e adorando! quero ver a série com o Colin Fith e o filme Austeland logo após (se não me engano tem ele na Netflix) <3 adorei o blog!

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

  • Eliel Alves Pereira

    Belo texto, indiscutivelmente Mr Darcy é uma grande personagem da literatura.

  • anônima

    Mattew Mcfayden disparado… Que olhar fulminante é aquele? E o porte e elegância? Um verdadeiro Dandy!!

  • Erica Bernardo

    Matthew Mcfayden foi o melhor Darcy. Excelente ator, mudou a expressão corporal , de acordo com o passar da história ; do orgulho e preconceito ao ser movido pela paixão. Além de ser maravilhosamente belo!

  • Raquel

    Acho que o carinho, e o jeito com que ele a vê, deixa o Darcy tão especial. Por que ele, apesar de toda a educação que valoriza-se certas formas de ações, enxerga a Lizzie como a mulher única que ela é, sem querer muda-la, amando-a exatamente pela forma que ela é, com todo o humor acido que só Jane Austen, em sua genialidade, pode registrar com a palavra escrita.