JANE AUSTEN – OBRAS ESCOLHIDAS – L&PM

JANE AUSTEN – OBRAS ESCOLHIDAS
Tradução de Rodrigo Breunig

A abadia de Northanger: Tradução de Rodrigo Breunig e Apresentação de Ivo Barroso
Razão e sentimento: Tradução e apresentação de Rodrigo Breunig
Orgulho e preconceito: Tradução de Celina Portocarrero e Apresentação de Ivo Barroso

Um presente para os admiradores de Jane Austen

amazon._

O interesse suscitado pelos romances de Jane Austen (1775-1817) em todo o mundo ao longo dos dois séculos transcorridos desde sua publicação é inversamente proporcional à sua diminuta obra: apenas quatro romances publicados em vida, dois postumamente e umas poucas obras esparsas. Sua curta existência e as condições desfavoráveis em que criou seus personagens e suas histórias (quando não era considerado de bom-tom uma moça se dedicar a devaneios ficcionais, já que sua função social era casar e ter filhos), porém, não impediram que sua ficção, tão marcadamente pessoal, siga conquistando legiões de leitores ainda hoje nas mais diversas culturas.

Se por um lado Jane Austen retratou a vida mundana e aparentemente simples das jovens inglesas na virada do século XVIII para o XIX, e se por vezes é chamada de “escritora romântica”, por outro lado sua permanência se deve a um feliz e poucas vezes visto conjunto de talentos: à elegância e à rápida ironia de sua pena, a uma nova forma de crítica social e, é claro, a seus diálogos, lapidares e expressivos, que possibilitam que seus livros sejam continuamente adaptados para o cinema e a televisão (diálogos que figuram entre os mais inteligentes da literatura inglesa, de resto talvez o maior repositório de grandes diálogos da literatura universal).

As muitas qualidades da literatura de Jane Austen podem ser degustadas nos três romances aqui reunidos: A abadia de Northanger – o primeiro de seus seis romances a ter sido escrito, embora só tenha sido publicado postumamente em 1817; trata-se de uma bem-humorada paródia aos romances góticos, os best-sellers à época da juventude da autora; Razão e sentimento, sua primeira obra a ser publicada, anonimamente, em 1811; e Orgulho e preconceito, de 1813, que é o livro mais difundido da autora.

Esta edição reúne pela primeira vez para o leitor brasileiro os romances que compõem a primeira metade da obra romanesca de Austen, em novas e cuidadas traduções, que preservam sua sagacidade, a burilada construção de personagens cativantes e extremamente humanos, a verve para o humor e seu timing cinematográfico.

Matéria do blog:http://www.lpm.com.br/

Onde Comprar:

Amazon | Submarino | Cultura | Saraiva | Americanas

┼Ψ╬† sσnia ┼Ψ╬┼

Gosto de tudo da Inglaterra: literatura, filmes, séries, sitcons, sotaque, educação, polidez, costumes, parques, praças, arquitetura… Tudo! Fui Influenciada pela literatura inglesa que eu li avidamente. Morar lá é o meu objetivo de vida.

  • Rafaela Souza

    A capa ta bonita e é bom que a editora teve um cuidado com a tradução, mas meu sonho era ter todos os livros da Jane em bonitas capas duras, com tradução e notas caprichadas.

  • Leila Maciel

    É linda essa edição dos livro de Austen. Orgulho e Preconceito é o meu favorito.