Aventuras pela Inglaterra de Jane Austen – Groombridge Place

long5_config.

Longbourn

Orgulho & Preconceito é meu livro preferido (seguido de perto por Persuasão, mas isso não vem ao caso) e, nos momentos em que eu me sentia sozinha em Londres, reler alguma passagens ou rever o filme e a minissérie sempre funcionava como um bálsamo para a minha solidão. Apesar de achar a série mais fiel ao livro, eu sou apaixonada pelo filme. A fotografia é linda e as casas… ah! As casas onde eles filmaram o filme de 2005 são divinas!

Resolvi, então, ir conhecer a casa dos Bennets. A Longbourn do filme de 2005 não fica aberta ao público (momento para vaia). Em compensação, a grande atração da propriedade são os jardins enormes, conhecidos como “The Enchanted Forest” (A Floresta Encantada). Então, mesmo sabendo que não poderia entrar na casa, resolvi que visitar o lugar seria o suficiente.

De Londres, peguei um trem para Tunbridge Wells, e de lá, um ônibus até Groombridge Place. Mais uma vez, devo à gentileza dos moradores locais o fato de eu ter encontrado o local.

Como sempre, a entrada da propriedade e a entrada da casa são coisas bem diferentes, e eu andei por um lindo caminho verde e deserto até chegar ao meu destino.

Então, finalmente, cheguei à casa e a primeira coisa que notei foram as quatro árvores enormes e lindas que funcionam como um portão de entrada.

longPor alguns momentos, eu achei que estava absolutamente sozinha, até que finalmente encontrei o lugar que vendia os ingressos para entrar na tal floresta encantada e ver a casa dos mais diversos ângulos.

Foi inevitável não me sentir em mais um daqueles momentos maravilhosos “eu estou dentro de um filme”. Eu podia ver a Lizzy caminhando pelos jardins da casa e a Mrs. Bennet gritando atrás dela, a Mary tocando uma música mórbida no piano, a Lydia e a Kitty fofocando sobre os soldados, a Jane tentando apaziguar todo mundo e o Mr. Bennet “rolling his eyes” com um livro na mão e um comentário ácido pronto para ser feito.

A propriedade é enorme, e a parte chamada de “floresta” é muito legal. Por isso, lá fui eu, andar na lama e fingir por algumas horas que eu era a Elizabeth.

Andando por esses caminhos, eu fiquei com a impressão de que foi nesse lugar que uma das cenas mais lindas de todos os tempos foi filmada: a segunda proposta. Vocês não acham que pode ter sido mesmo? Já que eu não preciso de muito incentivo para imaginar o Matthew Macfadyen andando na minha direção prestes a declarar o quanto me ama, vou eternamente acreditar que a cena foi filmada lá. Acho que muitas de vocês vão simpatizar comigo.

No site da casa, tem uma parte sobre Orgulho & Preconceito e uma das fotos é a do nosso Matthew Darcy andando na neblina. Não preciso de mais nada para me convencer – mesmo que o site tenha também fotos da Assembley em Meryton e de Rosings… Sonhar não custa nada!

Mais uma olhada para a casa, mais umas fotos. Guardando as imagens na minha memória. Outra experiência inesquecível.

Voltando para Tunbridge Wells, me dei conta de que ainda tinha mais um tempo antes que o próximo trem saísse. Olhei ao redor e me deparei com uma loja da BBC. Paraíso. Não preciso nem dizer que saí de lá com uma sacola cheia de DVDs de séries de época.

Até a próxima,

Deborah

vector.

 

Texto e fotos: http://samantaf2010.wordpress.com

Samanta Fernandes

Blogueira aposentada, tradutora nas horas vagas e apaixonada por literatura de época há cinco anos, quando assisti por acaso o filme Orgulho e Preconceito.