Aventuras pela Inglaterra de Jane Austen: Bath

Vou compartilhar aqui as aventuras da amiga da Samanta Fernandes, Deborah, que foi para a Inglaterra e fez posts ótimos seguindo os passos de Jane Austen.

vector.

Convidei minha amiga Deborah para nos contar um pouco das experiências dela na Inglaterra. Teremos um post para cada lugar, iniciando hoje com Bath. Espero que gostem! (cliquem nas imagens para ampliá-las).

Oi! Meu nome é Deborah e eu sou uma super fã de tudo que é relacionado com Jane Austen, além de achar que nasci no país errado e que meu lugar mesmo é a Inglaterra. A Samanta me convidou para compartilhar aqui no blog algumas das minhas aventuras pela Inglaterra. Espero que vocês gostem 🙂

BATH

‘Chegaram a Bath. Catherine estava ansiosa e encantada. Seus olhos estavam aqui, ali, em todo lugar, enquanto se aproximavam de seus belos e impactantes arredores, passando, em seguida, por aquelas ruas que os conduziam ao hotel. Ela queria estar feliz e já se sentia assim’. A Abadia de Northanger

A maioria dos turistas vai a Bath para conhecer os famosos Banhos Romanos (Roman Baths), mas a verdade é que os tais Banhos eram a ultima coisa na minha cabeça quando cheguei em Bath pela primeira vez. Visitei a cidade três vezes, na primeira, só pude passar algumas horas lá; na terceira fui para me despedir; na segunda tive um dia inesquecível e é a que eu vou relatar aqui.

Era sábado de manhã e o sol estava começando a dar as caras. Resolvi voltar a Bath, pois sabia que naquele dia se iniciaria o Jane Austen Festival, que acontece todo o ano na cidade. Mesmo não podendo participar (o festival dura por cerca de dez dias e eu tinha que voltar às aulas em Londres), quis tentar ver como era. Saio da estação de trem e já começo a ver pessoas vestidas com roupas de época, vestidos longos, cintura imperial, sombrinhas e leques. Parecia que eu tinha voltado no tempo.image8

Chegando ao centro da cidade, vejo um aglomerado de pessoas reunidas, homens, mulheres e crianças, todos vestidos como se tivessem saído de um livro da Jane. Eu só não pulava de felicidade por estar vendo tudo aquilo porque não seria nada ladylike (não que eu seja uma lady, mas vendo aquele povo todo vestido como personagens de um livro inspirou minha boa educação🙂 Fui, então, em direção ao Jane Austen Centre, tentando bater os turistas para rever a exibição – e fazer umas comprinhas irresistíveis na gift shop.

image5O Jane Austen Centre (JAC) é dedicado aos anos em que a Jane passou em Bath (1801 até 1806) e aos dois romances que tem a cidade como pano de fundo, Persuasão e Abadia de Northanger.

O tour se inicia com um dos funcionários do local, devidamente trajado com roupas de época, contando uma breve biografia da Jane, relacionando a vida da autora com a ficção que ela escreveu e a cidade na qual estamos. Depois disso, o visitante fica livre para ver a exposição em seu próprio ritmo. Trajes e curiosidades da época é o que não falta.

image2

Além disso, na última sala da exibição, vemos fotos e autógrafos de vários atores e atrizes que deram vida aos nossos personagens preferidos. Quase dei um gritinho quando vi o Matthew lá também.

mmmm

Depois da visita à exposição, a parada na gift shop é obrigatória. Todas as três vezes que fui pra Bath fiz um rombo na conta bancária com a quantidade de coisas legais que comprei lá. Não me arrependo de nada 🙂

bath

Banheiro feminino: Elizabeth, masculino: Darcy

Tudo lá é inspirado nas obras da Jane, até a placa do banheiro: Elizabeth para as mulheres, Mr. Darcy para os homens:

Saindo do JAC, fui até o Royal Crescent, ponto turístico obrigatório para quem vai a Bath e onde foi filmada a cena em que a Anne sai correndo atrás do Cap. Wentworth depois de ler a carta em Persuasão (2007).

Royal Crescent

Royal Crescent

O JAC também promove “Jane Austen Walking Tours”, que são passeios a pé pela cidade com um guia que sabe muito sobre Jane Austen e Bath. Então, lá fui eu para um tour sobre a minha escritora preferida.

bath2

Casa em que JA viveu em Bath, de 1801 a 1806

Em cerca de duas horas, a guia (no meu caso uma mulher, mas também há homens fãs de Jane Austen fazendo o trabalho) apontou vários locais chave tanto em Persuasão quanto em Abadia Northanger, assim como os locais nos quais a Jane viveu e que ela conhecia tão bem. Infelizmente, o tour não nos leva até a única residência da Jane em Bath que tem uma placa em sua homenagem, já que a casa fica um pouco mais afastada do centro da cidade. Após o tour, lá eu fui sozinha, em busca de uma placa, tão simples, mas tão cheia de significado. Mais uma vez, quase saí dando pulinhos no meio da rua.

Depois de tudo isso, os Banhos Romanos tiveram que ficar para a próxima visita.

Até a próxima,

Deborah

Links úteis:

Jane Austen Centre http://www.janeausten.co.uk/
Roman Baths http://www.romanbaths.co.uk/

vector.

Texto e fotos:

http://samantaf2010.wordpress.com

Samanta Fernandes

Blogueira aposentada, tradutora nas horas vagas e apaixonada por literatura de época há cinco anos, quando assisti por acaso o filme Orgulho e Preconceito.